Menu

CABELTE 2020

 

 

Designação do projeto | Cabelte 2020
Código Universal | POCI-01-0249-FEDER-000501
Objetivo principal | Proporcionar à empresa capacidade tecnológica para a produção de cabos elétricos isolados de Alta Tensão e Muito Alta Tensão de acordo com exigentes requisitos internacionais, para tensão até 275kV e seção de condutor até 2500mm2
Entidade beneficiária | CABELTE-CABOS ELECTRICOS E TELEFONICOS S.A.
Objetivo Temático | OT 1 - Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação
Tipologia de Intervenção | TI 49 - Investimento empresarial em inovação de não PME
Data da aprovação | 07-08-2015
Data de início | 01-07-2015
Data de conclusão | 31-12-2017
Custo total elegível | 8.420.000 euros
Apoio financeiro | 3.789.000 euros

Objetivos, atividades e resultados esperados
O projeto em análise visa o aumento da capacidade de dois estabelecimentos já existentes da Cabelte – Cabos Eléctricos e Telefónicos, S.A., empresa integrada no Grupo Cabelte. Um dos estabelecimentos situa-se em Vila Nova de Gaia e o outro em Vila Nova de Famalicão. Esta amplificação, que se deverá traduzir num aumento do Valor Bruto da Produção superior a 20% está intrinsecamente ligada à capacitação tecnológica para a produção de cabos de AT e MAT e à implementação de novas tecnologias para obtenção de ganhos de eficiência produtiva. Com início de atividade em 1970, a Cabelte - Cabos Eléctricos e Telefónicos, S.A., é uma sociedade que se dedica essencialmente à fabricação de outros fios e cabos elétricos e eletrónicos e apenas a 1% à fabricação de cabos de fibra ótica. Em 2013, a empresa contava com 428 trabalhadores, tendo atingido um volume de negócios superior a 216 milhões de euros.

 

Com o presente projeto, a empresa visa conseguir uma atividade comercial forte e consistente que permita aumentar fortemente o seu volume de vendas, focando-se essencialmente na diversificação de mercados, associada à estratégia de portfólio alargado de produtos, num investimento total que deverá rondar os 8,4 milhões de euros. Diretamente associada ao projeto, está prevista a criação de 31 novos postos de trabalho, 5 dos quais correspondentes a empregos altamente qualificados. Até 2019, ano pós-projeto, o volume de negócios da Cabelte - Cabos Eléctricos e Telefónicos, S.A deverá crescer até 265 milhões de euros